COMO IMPORTAR OS ANEXOS DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS?

Category: Primavera

Para auxiliar na importação dos anexos de Demonstrações Financeiras entre empresas, foi desenvolvido um assistente que possibilita, mediante a indicação do ano do exercício e empresa, indicar o anexo e nota(s) a importar.

Em regra geral, esta é uma operação realizada apenas uma vez por ano, mas que se pode revelar de extrema utilidade. Ao facilitar a utilização de notas (textos ou tabelas) existentes num anexo de uma empresa e que podem ser iguais (ou necessitar apenas de alguns ajustes) noutra empresa, não há necessidade de introduzir manualmente as mesmas informações.

Utilitário de ajuda

Este utilitário permite a importação de um anexo distribuído sob um formato de ficheiro, bem como a exportação de um anexo de uma empresa no mesmo formato que será utilizado na importação.

Para importar anexos às Demonstrações Financeiras, siga os seguintes passos:

  1. No Administrador, aceder a Contabilidade | Importação de Anexos às Demonstrações Financeiras;
  2. Verificar que é apresentado o assistente de Importação de Anexos às Demonstrações Financeiras;
  3. Selecionar os parâmetros para a importação de dados;
  4. No campo Exercício origem, indicar o ano de onde será importada a informação. Na grelha de empresas, poderá selecionar aquela onde se encontra o anexo a importar ou indicar a diretoria onde se encontram os ficheiros com o anexo;
  5. Clicar em Seguinte;
  6. Verificar se todos os anexos correspondentes à definição de ano do exercício e empresa são apresentados;
  7. Na lista de anexos às Demonstrações Financeiras, indicar o anexo a importar;
  8. São apresentadas todas as notas correspondentes ao anexo selecionado. Por defeito, todas as notas estão selecionadas, mas é possível selecionar apenas uma ou várias notas do anexo escolhido (clicar com o botão direito do rato numa das linhas e selecionar a opção pretendida. Em alternativa, utilizar a tecla CTRL);
  9. Indicar o exercício e a(s) empresa(s) destino do anexo a importar, sendo que apenas são listadas e estão disponíveis as empresas com a mesma localização na sede da empresa origem;
  10. Indicar uma diretoria para onde os ficheiros serão gerados e descarregados (opcional);
  11. Caso o Anexo já exista na(s) empresa(s) selecionada(s), definir se pretende que o anexo existente seja substituído pelo que está a ser importado ou apenas atualizado. Se escolher substituir o anexo, o existente será apagado;
  12. São apresentadas as definições realizadas anteriormente;
  13. Clicar em Finalizar;
  14. Verificar se o anexo é importado/exportado com sucesso e que apenas as notas selecionadas são criadas, ou seja, que todos os parâmetros são criados para a(s) empresa(s) e exercício selecionados;
    Nota: É possível obter um relatório da importação com informações sobre a operação efetuada.

Templates

É possível processar e validar a informação a constar no Anexo ao Balanço e às Demonstrações Financeiras no ERP e, com base nessa informação, efetuar o preenchimento automático do Anexo na IES.

Adicionalmente, a PRIMAVERA disponibiliza três templates de Anexos (atualizados em 13/07/2021) para suportar a generalidade dos regimes de contabilidade utilizados pelas organizações:

  • Anexo: correspondente ao Anexo geral, mais abrangente, com 31 notas;
  • Anexo_PE: correspondente ao Anexo reduzido com apenas 18 notas;
  • Anexo_ME: correspondente ao Anexo para as microentidades com16 notas.

Antes de preencher estes templates, deverá ter em atenção que:

  • Nos parâmetros da empresa, é necessário verificar o parâmetro MF, que corresponde ao período anterior do apuramento das contas 6 e 7. O parâmetro MFI corresponde ao período anterior do apuramento da CMVMC – Custo das Mercadorias Vendidas e das Matérias Consumidas;
  • O CAE (Código das Atividades Económicas) também é um parâmetro;
  • Nos anos posteriores a 2011, é necessário atualizar os parâmetros ANO e ANO-1;
  • Na nota 2.3, é possível escolher entre 4 opções. Caberá ao Técnico Oficial de Contas escolher a opção (a, b, c ou d) que melhor se adequa à empresa. O mesmo se aplica à nota 5 (opção a ou b);
  • Os números das notas são fixos e são indicados na própria descrição. Assim, não há necessidade de associar a nota no momento da emissão;
  • O parâmetro TL corresponde ao tipo de lançamento onde se realizou o apuramento de 2011 em SNC. Normalmente, é “000”;
  • Nem todas as notas são preenchidas automaticamente com informação do ERP. O Técnico Oficial de Contas deverá validar se a nota se aplica ao caso em concreto e proceder ao seu preenchimento;
  • Por questões de performance, a PRIMAVERA recomenda a impressão do formato HTML;
  • Quando pré-visualiza o template em word, o programa bloqueia o ficheiro. Até que o word seja fechado, se tentar reimprimir o anexo para o mesmo nome de ficheiro, o sistema vai apresentar o erro “70 – Permission denied“.